Anvisa recebe pedido de reforço da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos

Segundo a Anvisa, o prazo de análise é de 30 dias

Vacina pediátrica da Pfizer contra a Covid-19
Vacina pediátrica da Pfizer contra a Covid-19 Myke Sena/MS

Lucas Rochada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, na terça-feira (21), o pedido da farmacêutica Pfizer para a inclusão da dose de reforço na bula da vacina contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos.

De acordo com a Anvisa, o pedido considera a aplicação do reforço pelo menos cinco meses após a segunda dose do esquema inicial.

A equipe da Anvisa vai avaliar os dados clínicos apresentados pela empresa, que devem comprovar o benefício da dose adicional para este público específico.

Segundo a Anvisa, o prazo de análise é de 30 dias. Como a vacina já é registrada, a decisão é feita pelas áreas técnicas envolvidas.

Atualmente, a dose de reforço da vacina da Pfizer é prevista em bula para pessoas a partir de 18 anos.

Descubra se você já pode receber doses de reforço contra a Covid-19

Mais Recentes da CNN