Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil registra mais 35,7 mil casos e 778 mortes por Covid-19

    Total chega a 10.587.001 diagnósticos e 255.720 vítimas confirmadas da doença causada pelo novo coronavírus

    Hospital Florianópolis, na capital de Santa Catarina, com todos os leitos de UTI de Covid-19 ocupados
    Hospital Florianópolis, na capital de Santa Catarina, com todos os leitos de UTI de Covid-19 ocupados Foto: Eduardo Valente/Ishoot/Estadão Conteúod (1º.mar.2021)

    Anna Satie, da CNN em São Paulo

    O Ministério da Saúde registrou nesta segunda-feira (1º) mais 35.742 casos e 778 mortes por Covid-19.

    Ao todo, foram contabilizados 10.587.001 diagnósticos e 255.720 vítimas da doença causada pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

    Os números desta segunda estão bem abaixo da média registrada nos últimos sete dias, de 55.977 casos e 1.225 mortes diários. É comum, porém, que as confirmações sejam represadas aos fins de semana e segundas-feiras por conta do funcionamento de laboratórios e secretarias da Saúde. 

    Nesta segunda, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde divulgou uma carta aberta ao Ministério da Saúde em que pede medidas mais duras para conter o agravamento da pandemia da Covid-19 no país.

    Algumas das recomendações são um toque de recolher das 20h às 6h e a suspensão de aulas presenciais em todo o país. 

    Especialistas ouvidos pela CNN disseram que, sem uma ação coordenada, o Brasil viverá um “cenário de guerra” dentro de duas semanas