Ocupação de UTI em SP passa de 80%; situação atinge outros 20 estados e DF

No Rio Grande do Sul, a taxa de ocupação é de 102,4% dos leitos, o que significa que todos os leitos foram ocupados e há fila de espera por atendimento

Leitos de UTI para pacientes da Covid-19 do Hospital Regional Norte, em Sobral, Ceará
Leitos de UTI para pacientes da Covid-19 do Hospital Regional Norte, em Sobral, Ceará Foto: Tatiana Fortes/Governo do Ceará (15.jul.2020)

Ludmila Candal, Mariana Catacci e Renato Barcellos, da CNN

Ouvir notícia

Levantamento feito pela CNN junto às secretarias de Saúde estaduais e municipais revela que 21 estados, além do Distrito Federal, ultrapassam a taxa de 80% de ocupação dos leitos de enfermaria e UTI. Os dados coletados trazem os números de internações mais atualizados até este sábado (6).

Os estados e municípios geram os dados a partir de critérios diferentes, como a situação da rede pública e privada, a ocupação de UTI adulta, pediátrica e de Covid-19, assim como a taxa total que reúne todas as informações.

Os três estados da região Sul têm quase 100% de leitos públicos para pacientes com Covid-19 ocupados. Paraná e Santa Catarina registram ocupação de 97%.

No Rio Grande do Sul, a taxa de ocupação é de 102,4% dos leitos, o que significa que todos os leitos foram ocupados e há fila de espera por atendimento. Levando em consideração sistema privado de saúde, a ocupação no estado gaúcho sobe para 119,2%.

Na região Nordeste, apenas Sergipe não tem mais de 80% de ocupação de leitos públicos de UTI. No entanto, a rede privada registra 95,9% de lotação. O caso mais grave é em Pernambuco que registra 94% de ocupação em leitos públicos. Rio Grande do Norte também está acima dos 90%.

Dos quatro estados do Centro-Oeste, três registram mais 90% de ocupação nos leitos. Mato Grosso do Sul tem 93% das UTIs lotadas, Goiás tem 97,54% e Mato Grosso registra 101,32%. O Distrito Federal é o único abaixo dos 90% com 87,09% de taxa de ocupação.

Já na região Norte, quatro estados tem ocupação de leitos público de UTI acima dos 80%: Acre (102,7%), Amazonas (85,78%), Rondônia (100%) e Tocantins (88%). Amapa (79,01%), Pará (74,13%) e Roraima (74%) estão abaixo dos 80%.

No Sudeste, Espírito Santo e São Paulo ultrapassa a marca. Os capixabas registram ocupação de 80,68%. No entanto, Rio de Janeiro (71,5%) e Minas Gerais (76,71%) estão próximos de bater os 80%. 

Veja os estados com ocupação em leitos de UTI acima de 80%, além do Distrito Federal:

  • Acre

  • Alagoas
  • Amazonas

  • Bahia

  • Ceará

  • Espírito Santo
  • Goiás

  • Mato Grosso

  • Mato Grosso do Sul

  • Pará

  • Paraíba
  • Paraná

  • Pernambuco

  • Piauí
  • Rio Grande do Norte

  • Rio Grande do Sul

  • Rondônia

  • Roraima

  • Santa Catarina

  • São Paulo
  • Tocantins

Mais Recentes da CNN