Em breve estaremos vacinando 1 milhão de pessoas por dia, diz epidemiologista

Pedro Hallal, epidemiologista e reitor da UFPel falou sobre as variantes do novo coronavírus e disse que o momento é de preocupação, mas não de desespero

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN, Pedro Hallal, epidemiologista e reitor da UFPel, falou sobre as variantes da Covid-19 e como elas podem impactar a população. Segundo ele, as novas cepas não são um problema desde que a vacinação seja rápida. E ele disse acreditar na velocidade de imunização no Brasil.

“A variante só será um problema para a vacinação se o ritmo for lento. Não acho que isso vai acontecer apesar dos erros iniciais. O que me preocupa na nova cepa é a maior transmissibilidade,” disse Hallal.

“O Brasil está entrando no ritmo e, em breve, vamos chegar em 1 milhão de vacinados por dia, que é o ritmo ideal para 2021.”

Apesar de minimizar os efeitos das variantes, o epidemiologista alerta que o tipo da Covid-19 encontrado em Manaus deve chegar logo às outras regiões do país, que, segundo ele, estão se preparando para o aumento de casos.

“A variante vai chegar em outras regiões rapidamente, mas não precisamos nos desesperar a imaginar que todas as cidades vão entrar em colapso, não dá para pensar nisso. Outras cidades tiveram mais tempo para se preparar, os estoques de oxigênio estão sendo verificados. É preciso se preocupar, mas não se desesperar.”

Quilombolas são vacinados no Vale do Ribeira
Quilombolas são vacinados no Vale do Ribeira (23.jan.2021)
Foto: Reprodução / CNN / Secretaria de Comunicação do Governo de São Paulo

 (Publicado por Sinara Peixoto)

 

Mais Recentes da CNN