Ida a supermercados aumenta muito o risco para idosos, alerta infectologista

Quem for a estabelecimentos que estão sendo abertos com a flexibilização da quarentena também precisa ficar de olho se há cumprimento das normas de higiene

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Os idosos devem tomar cuidados ao retomarem as atividades com a reabertura em diversas cidades do país. O presidente da Sociedade Paulista de Infectologia, Eduardo Medeiros, faz o alerta.

“É um risco. A exposição dos idosos a ambientes fechados, como supermercados, o contato com outras pessoas na situação atual da epidemia não é adequado. É um pouco precipitada essa ida aos supermercados porque aumenta muito o risco nessa população”, explica.

Apesar da aparente normalidade com pessoas cada vez mais nas ruas, não é hora de relaxar nos cuidados, aponta Medeiros. “A gente está numa situação ainda com número de casos muito elevados. Em São Paulo ainda temos uma certa estabilização, mas continuam crescendo números de casos e mortes”. 

Quem sair mesmo assim deve ficar de olho se algumas regras estão sendo cumpridas. “O uso de máscaras, o distanciamento social, a higiene do ambiente, das mãos. E áreas bem arejadas, onde ocorra circulação do ar. Trocar ventiladores por janelas abertas para que o ar circule de forma adequada. Desde que tenham segurança para quem o frequenta, certamente a gente consegue trabalhar melhor e evitar a transmissão desse vírus”. 

Mais Recentes da CNN