Oxford testa vacina contra cepa da Covid-19; se aprovada, Fiocruz pode produzir

“Temos em nosso radar esta possibilidade de incluir em um cenário de doses de reforço”, afirmou Marco Krieger, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde

Ana Lícia Soares, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

 A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) já colocou no radar a possibilidade de produzir uma terceira dose da vacina contra a Covid-19, criada pela Universidade de Oxford e licenciada pela farmacêutica AstraZeneca. Ainda não há comprovações científicas de que essa dose de reforço seja necessária. As informações foram confirmadas à CNN pelo vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, Marco Krieger.

“Temos em nosso radar esta possibilidade de incluir em um cenário de doses de reforço, vacinas otimizadas para as variantes de preocupação, um ponto muito importante em nosso projeto e já pactuado com nossos parceiros”, afirmou Krieger.

O anúncio acontece após a Universidade de Oxford informar que começou a testar em voluntários humanos a nova vacina para saber se ela aumenta as respostas imunes de anticorpos, especialmente contra a nova variante da Covid-19 originária na África do Sul.

Neste primeiro momento, 2.250 voluntários são esperados no Reino Unido, África do Sul, Brasil e Polônia nas fases 2 e 3 do ensaio clínico em humanos. A vacina tem pequenas alterações genéticas na proteína ‘spike’, que liga o vírus à célula humana, com base na variante Beta.

“Eu tenho vários braços do estudo. Tem o grupo que já recebeu duas doses (da AstraZeneca) e vai receber a terceira dose. Tem alguns indivíduos voluntários que são virgens de vacina, ou seja, não receberam nenhum imunizante e vão receber duas doses da nova formulação”, disse o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e pesquisador que atuou no desenvolvimento da vacina AstraZeneca no Brasil, Renato Kfouri.

Os pesquisadores esperam já ter as respostas imunológicas do novo imunizante em até setembro. “Daqui a três meses a gente pode ter resposta para a imunogenicidade. Por enquanto o que está em teste é só essa cepa sul-africana”, explica Kfouri.

Profissional da Saúde prepara dose de vacina da AstraZeneca contra Covid-19
Profissional da Saúde prepara dose de vacina da AstraZeneca contra Covid-19
Foto: Yves Herman – 15.mar.2021/Reuters

Mais Recentes da CNN