Rio inicia passaporte da vacina e retoma imunização de adolescentes nesta quarta (15)

Vacinação será obrigatória para a realização de cirurgias eletivas nas redes pública e privada, além de inclusão e manutenção no Programa Cartão Família Carioca

Vacinação contra a Covid-19 no Rio de Janeiro
Vacinação contra a Covid-19 no Rio de Janeiro Prefeitura do Rio de Janeiro

Anna Gabriela Costada CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

Passa a valer a partir desta quarta-feira (15) o “passaporte da vacina” na cidade do Rio de Janeiro; exigência para frequentar determinados locais públicos com a comprovação de imunização contra a Covid-19. A capital também retomará a vacinação de adolescentes nesta quarta, com a imunização de meninas de 14 anos.

A implementação do passaporte da vacina estabelecerá restrições de circulação a espaços de esporte e lazer, além de criar obstáculos para acesso ao Programa Família Carioca, de transferência de renda, e a cirurgias eletivas na rede SUS.

A exigência do comprovante de vacinas começaria a ser feita na última quinta-feira (2) na cidade, mas foi adiada para o dia 15 por instabilidade na plataforma Conecte SUS, do Ministério da Saúde.

Como funciona o passaporte da vacina

Na cidade do Rio de Janeiro, os decretos publicados em agosto estabelecem a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19 para acesso a diversos estabelecimentos e serviços. O comprovante será necessário para locais de uso coletivo, incluindo academias, estádios e ginásios esportivos, cinemas, teatros, museus, galerias e exposições de arte, além de convenções e conferências.

De acordo com a prefeitura, a vacinação também será obrigatória para a realização de cirurgias eletivas nas redes pública e privada, inclusão e manutenção no Programa Cartão Família Carioca.

A comprovação poderá ser feita pela certificação digital da plataforma ConecteSUS, ou com a apresentação do comprovante ou caderneta de vacinação físicos. Segundo a prefeitura, a quantidade de doses registradas exigida deverá estar de acordo com o calendário vacinal da capital fluminense.

Retomada da imunização de adolescentes

A capital carioca retomará a vacinação de adolescentes contra a Covid-19, na quarta-feira (15), contemplando garotas de 14 anos, inicialmente.

Serão dois dias de vacinação destinados para esse público e, na sexta-feira (17), será a vez dos meninos da mesma faixa etária.

A vacinação de adolescentes foi suspensa na segunda-feira (13) devido à falta de estoque. Na noite de segunda, porém, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu 180.462 doses do imunizante da Pfizer, das quais cerca de 40 mil unidades serão usadas para a primeira dose.

“O calendário para as outras faixas etárias de adolescentes (13 e 12 anos) será divulgado assim que o Ministério da Saúde enviar nova remessa da Pfizer (única vacina liberada pela ANVISA para este público) para o município, com quantidade suficiente de doses”, informou a prefeitura do Rio, na segunda-feira (13).

*Com informações de Mylena Guedes

Mais Recentes da CNN