Rio registra queda de 85% no número de mortes por Covid-19 nos últimos 28 dias

Levantamento da Secretaria Municipal de Saúde ressalta vacinação como principal fator para redução nos óbitos

Vacinação em Paquetá, Rio de Janeiro, já mostra resultados
Vacinação em Paquetá, Rio de Janeiro, já mostra resultados Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio de Janeiro

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Os benefícios da vacinação contra o novo coronavírus já mostra sinais positivos na cidade do Rio de Janeiro. Um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aponta que a capital fluminense registrou uma redução de 85% no número de mortes pela doença nos últimos 28 dias

As informações divulgadas pela prefeitura dão conta que 158 pessoas morreram em decorrência do coronavírus na última semana de junho, contra 23 óbitos entre segunda (19) e sexta-feira (23). O nível mais alto registrado pela SMS aconteceu em abril, quando 777 pacientes morreram por Covid-19.  

Os casos graves da doença também caíram na cidade do Rio no mesmo período. De acordo com a prefeitura, o número de pacientes críticos com a Covid-19 teve uma queda de 62% nos últimos 28 dias. Já o número de pessoas com infecção leves subiu 5%.  

Entretanto, o calendário de vacinação precisou ser interrompido no Rio de Janeiro, na última sexta-feira (23), para garantir os estoques para a aplicação da segunda dose na capital.  

“A gente não tem previsão de entrega de vacinas pelo ministério da saúde. A gente sempre aplica todas as vacinas que a gente recebe na mesma semana. Qualquer atraso, qualquer falha a gente não consegue manter o nosso calendário”, disse o Secretário Municipal do Rio de Janeiro, Daniel Soranz. 

Até o momento, 90% dos idosos da cidade do Rio já completaram o esquema vacinal com a segunda dose do imunizante, enquanto 70% dos cariocas adultos já foram vacinados com pelo menos uma dose das vacinas. Ao todo, cinco milhões de doses foram aplicadas em toda a capital.

Mais Recentes da CNN