Plano detalha envio da Coronavac aos estados; veja logística e divisão de doses

Governo prevê enviar milhões de doses do imunizante do Instituo Butantan a todos os estados a partir desta segunda (18); vacinação começa quarta, dia 20, às 10h

Embalagem oficial da Coronavac, vacina que será produzida pelo Instituto Butantan no Brasil
Embalagem oficial da Coronavac, vacina que será produzida pelo Instituto Butantan no Brasil Foto: Divulgação/Instituto Butantan

Por Diego Freire,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em nota divulgada neste domingo (17), o Ministério da Saúde comunicou o início do processo que levará a todos os estados e ao Distrito Federal seis milhões de doses da Coronavac. O imunizante foi aprovado pela Anvisa para uso emergencial e já teve as primeiras aplicações em São Paulo.

Na sexta-feira, o Instituto Butantan confirmou a entrega de 6 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 ao órgão federal, que prevê iniciar a imunização nacional na quarta-feira (20), a partir das 10h (de Brasília).

 

Segundo o Ministério da Saúde, as doses estão no Departamento de Logística em Saúde (DLOG), em São Paulo, e começarão a ser distribuídas nacionalmente na manhã desta segunda-feira.

“Nesta segunda-feira, às 7h, a distribuição das vacinas irá para todos os estados brasileiros, para que cada governo possa dar início ao plano de vacinação. O DLOG vai fracionar, agora, as quantidades corretas para cada estado. A Força Aérea Brasileira vai fazer a entrega nos pontos focais. A partir daí, os estados fazem a distribuição local”, explicou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em coletiva de imprensa no Rio de Janeiro durante o domingo.

Logística de distribuição

De acordo com o ministério, a distribuição das vacinas será realizada por aviões e uma frota de 100 caminhões com áreas de carga refrigeradas, sistema de rastreamento e bloqueio via satélite.

Até o final de janeiro, a pasta projeta contar com mais 50 veículos destinado a levar as vacinas aos postos de saúde.

Para as rotas aéreas, o Ministério da Saúde terá o apoio da Associação Brasileira de Empresas Aéreas por meio das companhias Azul, Gol, Latam e Voepass, qua transportarão gratuitamente a vacina contra a Covid-19 às unidades federativas.

Veja, abaixo, a quantidade prevista para ser distribuída a cada estado, segundo o Ministério da Saúde – considerando 6 milhões de doses fornecidas pelo Instituo Butantan.

Previsão de distribuição da Coronavac
Foto: Ministério da Saúde/ Reprodução
Doses distribuição Coronavac - página 2
Foto: Ministério da Saúde/ Reprodução

 

 

Mais Recentes da CNN