Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    ‘Trabalhamos no limite das doses que recebemos’, diz prefeito de São Paulo

    Nesta segunda-feira (28), a capital paulista inicia a vacinação contra a Covid-19 de pessoas com 46 anos

    Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo;

    produzido por Jorge Fernando Rodrigues

     

    O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), afirmou em entrevista à CNN que a cidade tem trabalhado no limite das doses recebidas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. Nesta segunda-feira (28), a capital paulista inicia a vacinação de pessoas com 46 anos. 

    A prefeitura estima que mais de 170 mil pessoas nessa faixa etária receberão a vacina contra Covid-19.

    “Estamos trabalhando no limite. Quando falta dose em um posto, buscamos em outro para abastecer. E com o aplicativo ‘De Olho na Fila’, a pessoa pode conferir e ir ao local ontem tem doses. São [faltas de doses] pontuais e temos mais de 600 pontos de vacinação. Trabalhamos no limite das doses que recebemos para levá-las até a ponta”, disse o prefeito.

    O prefeito ainda revelou que, atualmente, o estoque de vacinas na cidade de São Paulo é de 339.440 doses.

    Segundo ele, o público alvo desta segunda-feira (faixa de 46 e 45 anos) possui 215 mil pessoas, portanto sobrariam cerca 125 mil doses, no entanto, a faixa etária de 44 anos possui 135 mil pessoas a serem vacinadas a partir desta quarta-feira. 

    “Ainda nos faltam 10 mil doses. Precisamos trabalhar com muita transparência. E isso o Bruno Covas já nos orientava, e continuamos do mesmo jeito, com transparência. Ainda nos faltam 10 mil doses para anunciar a vacinação de quarta-feira [44 anos].”