Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Defesa de Musk diz que pagamento do Twitter a delator permite fim de acordo

    Twitter negou as acusações e disse que Zatko foi demitido "por liderança ineficaz e mau desempenho"

    Redação, O Estado de S. Paulo, do Estadão Conteúdo

    Um advogado de Elon Musk argumentou em uma carta ao Twitter nesta sexta-feira, 9, que o pagamento de cerca de US$ 7 milhões da empresa a um denunciante dá ao bilionário mais munição para desistir de um acordo de US$ 44 bilhões para comprar o negócio de mídia social.

    O Twitter concordou em junho em pagar um acordo a Peiter Zatko, que atuou como chefe de segurança da empresa antes de ser demitido em janeiro.

    O acordo foi concluído dias antes de Zatko apresentar sua denúncia em julho, na qual ele acusa a empresa de não proteger dados confidenciais de usuários e mentir sobre problemas de segurança, noticiou o Wall Street Journal.

    O Twitter negou as acusações e disse que Zatko foi demitido “por liderança ineficaz e mau desempenho”. A empresa não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.