Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Júpiter faz hoje a maior aproximação da Terra desde 1963; saiba como observar

    Observadores do céu também podem ver três ou quatro das luas do planeta com uso de telescópio ou binóculo

    Imagens de Júpiter retiradas pelo telescópio James Webb
    Imagens de Júpiter retiradas pelo telescópio James Webb Credito/Nasa Webb Telescope

    Megan MarplesAshley Stricklandda CNN

    Júpiter fará sua maior aproximação da Terra em 59 anos na segunda-feira, 26 de setembro, segundo a Nasa.

    O maior planeta do nosso sistema solar, o gigante gasoso estará em oposição, o que significa que a Terra está diretamente entre ele e o sol, disse Trina L. Ray, vice-gerente científica da missão Europa Clipper no Jet Propulsion Laboratory da Nasa em Pasadena, Califórnia.

    A agência espacial disse originalmente que Júpiter estaria fazendo sua maior aproximação da Terra em 70 anos, mas corrigiu sua declaração depois de descobrir o erro, disse um porta-voz da Nasa.

    Haverá cerca de 590,6 milhões de quilômetros entre a Terra e Júpiter, de acordo com a Nasa. Júpiter está a cerca de 965,6 milhões de quilômetros de distância de nosso planeta em seu ponto mais distante, disse a agência espacial.

    Júpiter está em oposição a cada 13 meses, o tempo que a Terra leva para orbitar o Sol em relação a Júpiter, de acordo com a EarthSky.

    Nem a Terra nem Júpiter orbitam o Sol em um círculo perfeito, o que torna cada oposição uma distância ligeiramente diferente, disse Ray, que também é cientista de investigação da Nasa para o Radar for Europa Assessment and Sounding: Ocean to Near-surface, ou Reason.

    Como assistir

    Júpiter aparecerá mais brilhante e maior no céu, tornando o evento uma grande oportunidade para vislumbrar, disse a Nasa.

    O planeta gasoso se erguerá ao pôr do sol e parecerá branco perolado a olho nu, disse Patrick Hartigan, professor de física e astronomia da Rice University, em Houston.

    Com um par de binóculos ou um telescópio, você poderá ver as bandas do planeta, segundo a Nasa.

    Os observadores de estrelas também podem ver três ou quatro das luas de Júpiter, incluindo Europa, disse Ray.

    Como estou trabalhando em uma espaçonave que enviaremos ao sistema de Júpiter para explorar Europa”, disse ela, “sempre fico animada para ver Júpiter e até Europa com meus próprios olhos”.

    Para um tempo preciso de quando olhar para o céu, use a calculadora de planetas visíveis do The Old Farmer’s Almanac.

    Saturno e Marte também serão visíveis, então tente localizar esses planetas enquanto observa a oposição de Júpiter, disse Hartigan.

    Eventos restantes em 2022

    Mais três luas cheias ocorrerão este ano, de acordo com o Almanaque do Fazendeiro:

    • 9 de outubro: Lua do caçador
    • 8 de novembro: Lua do castor
    • 7 de dezembro: Lua fria

    As tribos nativas americanas têm nomes diferentes para as luas cheias, como a “lua seca da grama” da tribo Cheyenne para a que acontece em setembro, e as “árvores estourando” da tribo Arapaho para a lua cheia que ocorre em dezembro.

    Veja o pico desses próximos eventos de chuva de meteoros no final deste ano, de acordo com o guia de chuva de meteoros de 2022 da EarthSky :

    • Draconídeos: 8 a 9 de outubro
    • Orionídeas: 20 a 21 de outubro
    • Táuridas do Sul: 5 de novembro
    • Táuridas do Norte: 12 de novembro
    • Leônidas: 17 a 18 de novembro
    • Geminídeos: 13 a 14 de dezembro
    • Úrsidas: 22 a 23 de dezembro

    E haverá mais um eclipse lunar total e um eclipse solar parcial em 2022, de acordo com o Farmer’s Almanac. O eclipse solar parcial em 25 de outubro será visível para pessoas em partes da Groenlândia, Islândia, maior parte da Europa, nordeste da África e Ásia ocidental e central.

    O eclipse lunar total em 8 de novembro pode ser visto na Ásia, Austrália, Pacífico, América do Sul e América do Norte entre 4h02 e 9h56 (horário de Brasília). Mas para as pessoas no leste da América do Norte, a Lua estará se pondo durante esse período.

    Use óculos de eclipse adequados para ver os eclipses solares com segurança, pois a luz do Sol pode danificar os olhos.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original