Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mais de 160 planetas podem ser habitáveis, aponta estudo

    Pesquisadores apontam que investigações devem ser aprofundadas por telescópios de tecnologia avançada, capazes de encontrar bioassinaturas

    Cientistas indicam possibilidade de existência e manutenção de vida fora do planeta Terra
    Cientistas indicam possibilidade de existência e manutenção de vida fora do planeta Terra Banco de imagens/Pexels

    Da CNN

    É possível que existam 164 planetas com características habitáveis no universo, aponta uma pesquisa publicada no dia 5 de janeiro na revista Arxiv, ligada à Universidade Cornell, em Nova York, nos Estados Unidos.

    Apesar disso, em apenas 33 deles haveria condições de radiação UV confiável para manutenção da vida. Só 11 outros teriam apresentado a presença de fósforo, que é um elemento considerado essencial para a vida.

    “Notavelmente, apenas 33 das 164 estrelas da nossa amostra têm medições UV confiáveis ​​baseadas no espaço. Descobrimos também que o fósforo, um elemento bioessencial, só foi medido em 11 delas, motivando futuras pesquisas”, diz o resumo da pesquisa.

     

    Para criar a lista, os pesquisadores utilizaram dados do Levantamento Decadal Astro2020, sugerindo quais exoplanetas podem ser candidatos para suportar a vida e hospedar zonas habitáveis.

    O projeto faz parte do Programa de Exploração de Exoplanetas, da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA), e os planetas foram escolhidos a partir das características de suas estrelas mãe.

    Os estudiosos informaram ainda que os apontamentos feitos estão disponíveis publicamente. Eles defendem que seus dados sejam utilizados no telescópio Habitable Worlds Observatory (HWO).

    O HWO só deve ser lançado em 2040 e terá objetivo central tentar descobrir outros mundos habitáveis.

    Os pesquisadores também indicaram que a Nasa construísse um grande telescópio espacial para obter imagens de alto contraste para investigar cada um dos casos apontados.

    As investigações devem se centralizar na busca por condições necessárias para a vida, com foco em encontrar bioassinaturas e outros dados que confirmem a possibilidade.

    Conheça os planetas do nosso sistema solar

    Tópicos

    Tópicos