Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Meta lança serviço de assinatura nos Estados Unidos

    Serviço Meta Verified dará aos usuários um distintivo azul após verificarem suas contas, processo que demanda um documento de identificação

    Jennifer Kornda CNN em Nova York

    Os usuários do Facebook e Instagram nos Estados Unidos em breve poderão pagar para obter um cobiçado cheque azul em sua conta.

    A Meta começou a testar na sexta-feira (17) uma opção de verificação paga para usuários americanos das duas redes sociais, anunciou o CEO Mark Zuckerberg no Instagram. A empresa planeja lançar gradualmente a opção paga para mais usuários dos EUA nas próximas semanas.

    Testado pela primeira vez em fevereiro na Austrália e na Nova Zelândia, o Meta Verified começa em US$ 11,99 por mês na web ou US$ 14,99 por mês no celular. Além da verificação, a opção oferece vantagens como proteção extra contra contas falsas e acesso direto ao suporte ao cliente.

    Para evitar contas falsas, os clientes que desejam obter o selo azul precisam fornecer uma identificação do governo que corresponda ao nome e à foto do perfil. Os usuários também devem ter mais de 18 anos para serem elegíveis para o novo serviço.

    “Esse novo recurso visa aumentar a autenticidade e a segurança em nossos serviços”, escreveu Zuckerberg em fevereiro em um canal de transmissão do Instagram.

    Meta se junta a outras plataformas, como Discord, Reddit e YouTube, que possuem seus próprios modelos baseados em assinatura.

    Para a Meta, a mudança oferece a promessa de outro fluxo de receita além da publicidade, em um momento em que seu principal negócio de vendas de anúncios está sob pressão de vários fatores, incluindo mudanças de privacidade na Apple e orçamentos apertados em meio a temores de recessão.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original