Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    BYD Sea Lion 07 é o SUV com pegada esportiva para rivalizar com Tesla Model Y

    Novo SUV da BYD tem visual inspirado no sedã Seal e versão com tração integral que faz de 0 a 100 em 4 s

    BYD Sea Lion 07
    BYD Sea Lion 07 Divulgação/BYD

    João Vitor Ferreiracolaboração para a CNN

    A BYD está prestes a lançar mais um modelo derivado do Seal. Depois de vazarem imagens do MIIT (Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China) do hatchback Seal X, agora a montadora divulgou o SUV cupê Sea Lion 07, que também tem o design inspirado no sedã.

    A semelhaçca é facilmente notada. O formato dos faróis e da luz traseira integrada é idêntico ao do Seal . O para-choque dianteiro também é muito parecido, mas tem uma abertura central um pouco mais elevada, que condiz mais com uma carroceria de SUV. Fora isso, o Sea Lion tem ainda maçanetas retráteis nas portas e dois spoilers pequenos, um de teto e outro no estilo “cauda de pato” no final do caimento da traseira.

    Se o visual não é tão novo assim, a arquitetura é. O Sea Lion estreia a nova e-Platform 3.0 Evo, uma atualização da plataforma anterior chamada apenas de e-Platform 3.0. Entre as novidades, a nova tecnologia oferece melhoria na integração do trem de força e capacidades de carregamento aprimoradas.

    Entre suas qualidades está a tecnologia aprimorada de integração CTB (bateria célula-corpo), responsável por aumentar a segurança do veículo. Segundo a BYD, sua nova arquitetura aumenta a resistência à deformação da cabine em 50%, a resistência regional da carroceria em mais de 60% (em comparação com os padrões da indústria) e reduz a intrusão na cabine durante colisões para menos de 5 mm.

    Serão três opções de trem de força disponíveis. Duas delas exclusivamente com tração traseira e um motor de 312 cv e 17,33 kgfm. A diferença entre as variantes está nas baterias: a mais básica tem células de 71,8 kWh e alcance de até 550 km, enquanto a outra tem bateria de 80,64 kW e até 610 km de autonomia.

    Acima das duas temos a versão com tração integral. Além do motor traseiro de 312 cv citado anteriormente, há outro dianteiro de 217 cv. Equipada com a bateria de 80,64 kWh, seu alcance é de 550 km. A potência e torque combinados não foram divulgados.

    Com exceção da versão mais básica, que atinge a máxima de 210 km/h, as outras duas podem chegar até os 225 km/h. Os tempos de 0 a 100 km/h também são diferentes, sendo de 7,3 s, 6,7 s e 4,0 s, para cada uma delas, respectivamente. Independente do tamanho da bateria, o carregamento de 10% a 80% é feito em 25 minutos em carregadores DC de 180 kW.

    Equipado com 12 radares ultrassônicos, radares de ondas de 5 mm e 11 câmeras, o Sea Lion 07 oferece direção autônoma de nível 2. Isso inclui recursos como assistência para manutenção de faixa, controle de cruzeiro adaptativo, assistência de saída de faixa, reconhecimento de sinais de trânsito e controle inteligente de velocidade, além de 11 airbags e monitor de fadiga para o motorista.

    Por dentro os motoristas terão à disposição uma tela central de 15,6’’ que roda o novo sistema DiLink 100. Ao redor da cabine, as luzes ambiente podem variar em 128 cores diferentes. Já o sistema de som é da Dynaudio com 12 alto-falantes e há ainda tomada 220V para laptops, karaokê para os passageiros e sistema de entrada sem chave.

    Na China, o Sea Lion 07 terá como principal rival o Tesla Model Y. Seu preço varia entre 189.800 yuans (aproximadamente R$ 134.300), para a versão mais básica, e 239.800 yuans (R$ 169.700) para o topo de linha.