Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Clarissa Oliveira

    Clarissa Oliveira

    Viveu seis anos em Brasília. Foi repórter, editora, colunista e diretora em grandes redações, como Folha, Estadão, iG, Band e Veja

    Após ficar no cargo, Jean-Paul Prates quer ser mais político

    Confiante de que a crise sobre sua permanência no comando da estatal está superada, presidente da empresa segue conselho dos amigos e intensifica diálogo com políticos

    Após ficar no cargo, Jean-Paul Prates quer ser mais político
    Após ficar no cargo, Jean-Paul Prates quer ser mais político

    Depois de continuar no comando da Petrobras, Jean-Paul Prates decidiu seguir o conselho de alguns amigos próximos. Durante toda a crise que quase resultou na sua saída do cargo, o presidente da estatal ouviu de aliados que precisava fazer mais política.

    É exatamente isso que Prates fez no decorrer das últimas semanas, de acordo com um amigo do executivo ouvido pelo blog: “Ele entendeu que precisa ser mais político. Está conversando muito mais, ouvindo muito mais. Tendo, por exemplo, encontros com parlamentares, principalmente senadores”, disse o aliado.

    Uma reunião marcada para hoje no Conselho de Administração da Petrobras deve resolver uma dor de cabeça que aflige faz tempo o presidente da Petrobras. No encontro, a empresa deve referendar o pagamento de 50% dos dividendos extraordinários a acionistas.

    A retenção dos dividendos foi o estopim da mais recente crise que abalou a companhia. Por conta das divergências no governo sobre o destino dos recursos, Prates protagonizou sucessivos embates com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira. O blog procurou Prates, mas não houve retorno até o momento.