Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Clarissa Oliveira

    Clarissa Oliveira

    Viveu seis anos em Brasília. Foi repórter, editora, colunista e diretora em grandes redações, como Folha, Estadão, iG, Band e Veja

    Reabilitado, Delúbio foi até motivo de disputa na festa do PT

    Sorrisos e pedidos de convite para galinhada do ex-tesoureiro embalaram conversas durante a celebração de 44 anos do partido

    Reabilitado, Delúbio foi até motivo de disputa na festa do PT
    Reabilitado, Delúbio foi até motivo de disputa na festa do PT

    Ex-tesoureiro do PT e uma das figuras centrais do escândalo do mensalão, Delúbio Soares refez sua vida partidária. Voltou a militar, conseguiu um emprego na CUT e se mudou novamente para São Paulo. Vestindo uma camisa vermelha, ele foi uma das presenças mais disputadas da festa de 44 anos do PT, realizada na noite de ontem em Brasília.

    A comemoração não estava tão animada quanto a do ano passado, na qual Delúbio não estava presente. Mas o ex-tesoureiro aproveitou. Já do lado de fora, sua esposa, Mônica Valente, brincava que não conseguia tirar o marido da festa.

    Delúbio motivou algumas discussões acaloradas. Mas a disputa nas rodinhas de conversa era bem específica. A briga era para ver quem seria convidado para a próxima galinhada preparada pelo ex-tesoureiro, uma de suas especialidades na cozinha. “Eu já comi essa galinhada, é maravilhosa! Ainda estou esperando mais um convite”, disse uma amiga do ex-tesoureiro.

    Extrovertido e sorridente, Delúbio ainda prefere manter a discrição com a imprensa. Evita declarações públicas e se mantém reservado. Mas os colegas garantem que ele está mais ativo do que nunca. E que participará ativamente das eleições deste ano.