O que é circuit breaker, mecanismo da Bovespa para interromper negociações


Matheus Prado Do CNN Brasil Business, em São Paulo
09 de março de 2020 às 11:21 | Atualizado 09 de março de 2020 às 12:08

Circuit breaker é uma ferramenta utilizada pela B3 que permite, em caso de quedas bruscas da bolsa, a suspensão parcial das negociações para amortecimento e o rebalanceamento das ordens de compra e de venda. 

pregão bolsa

Bolsa operava em queda de 10,02% quando atividades foram interrompidas nesta segunda (9) (09.mai.2016)

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

O mecanismo foi ativado na manhã desta segunda-feira (9) em meio a tensões em relação a uma possível guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia que derrubou o valor do barril do petróleo.

A última vez que a bolsa brasileira parou dessa forma foi no dia 17 de maio de 2017, quando o áudio de uma conversa do empresário Joesley Batista com o então presidente Michel Temer foi publicado pelo jornal O Globo

Na prática, existem três etapas de circuit breaker. Quando o Ibovespa acumula quedas de 10% em relação ao índice de fechamento do dia anterior, os negócios são interrompidos por 30 minutos em todos os mercados.

Reabertos os negócios, caso a variação do Ibovespa atinja uma oscilação negativa de 15% em relação ao índice de fechamento do dia anterior, haverá outra interrupção, dessa vez por uma hora.

Num segundo retorno, caso a variação do Ibovespa atinja uma oscilação negativa de 20% em relação ao índice de fechamento do dia anterior, a Bolsa poderá determinar a suspensão dos negócios em todos os mercados por prazo definido a seu critério, sendo comunicado ao mercado por meio da Agência de Notícias da B3.