Conhecido como 'Mickey da Previdência', secretário defende MP nas redes sociais


Iuri Pitta
Por Iuri Pitta, CNN  
23 de março de 2020 às 10:19
Bruno Bianco, secretário de Previdência e Trabalho no Ministério da Economia

O secretário especial de Previdência e Trabalho no Ministério da Economia, Bruno Bianco, publicou vídeo no Twitter para defender a medida provisória 927

Foto: Reprodução/Twitter

O secretário especial de Previdência e Trabalho no Ministério da Economia, Bruno Bianco, foi às redes sociais na manhã desta segunda-feira (23) defender a medida provisória 927, que flexibiliza e prevê suspensão do contrato de trabalho por até quatro meses para qualificação durante a pandemia do novo coronavírus.

No ano passado, durante a tramitação da Reforma da Previdência, Bianco ganhou fama como "Mickey da Previdência", em alusão ao tom de voz do secretário nos vídeos em que argumentava a favor da medida.

No vídeo de hoje, Bianco explica que a suspensão do contrato de trabalho para qualificação -- chamada de layoff -- já era prevista pela Constituição. Esse ponto da MP motivou uma onda de críticas nas redes sociais ao presidente Jair Bolsonaro.

"Essa suspensão obviamente será em acordo entre empregados e empregadores. Terá sim uma parcela paga pelo empregador para manutenção da subsistência e da vida do empregado e também, no futuro, a próxima MP trará, para todas as hipóteses de suspensão e para as hipóteses de redução de jornada com redução de salário, a possibilidade de antecipação do seguro-desemprego", afirmou.