Perdas dos shopping centers com coronavírus já somam R$ 1 bilhão, diz Abrasce


Da CNN em São Paulo
01 de abril de 2020 às 10:34 | Atualizado 01 de abril de 2020 às 11:45

Pela primeira vez na história, mais de 500 shopping centers existentes em território nacional estão fechados. Por esta razão, varejistas do setor pedem medidas contra a crise em carta direcionada ao governo federal. 

Em entrevista à CNN, Glauco Humai, presidente da  Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) alega que o setor ainda não teve anuncio de medidas concretas e alertou:

"Não basta apenas anunciar medidas e deixar que o mercado se regule. O governo precisa estar em todas as etapas das medidas que ele anuncia para que o crédito disponibilizado para o lojista efetivamente chegue para ele de forma direta e rápida".

Entre as medidas propostas do documento, está o adiamento do pagamento dos impostos, a utilização adquirentes de cartão de de crédito como canal para fluir o valor disponibilizado pelo governo para o lojista.

Segundo Humai, cerca de R$1 bilhão já foi disponibilizado para o pequeno e médio lojista como auxílio  entre isenções e adiamentos de aluguéis e outros custos ocupacionais.