É papel do estado ajudar na retomada econômica, diz presidente da Abdib

Venilton Tadini ainda classificou que a regulação do setor de saneamento é fundamental para a retomada e falou sobre papel do estado na economia

Da CNN, em São Paulo
24 de abril de 2020 às 10:24

Presidente-executivo da Associação Brasileira de Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), Venilton Tadini afirmou à CNN, nesta sexta-feira (24), que é papel do estado ajudar na retomada econômica em crises como a provocada pela pandemia.

"É da própria natureza desse tipo de crise, como foi depois de 1929, nos Estados Unidos, que o estado vá à frente e tome as medidas minimas necessárias para segurar minimamente as condições de estabilidade da economia e dê as condições para o investidor privado levar adiante aquilo que é importante", defendeu.

A justificativa para isso, segundo ele, é que não há sentido em esperar que os empresários tenham a iniciativa se não há garantias. "É absolutamente ilógico imaginar que, em uma situação de instabilidade de demanda e incerteza em relação a como vai ser a profundidade da recessão, a iniciativa privada tomará a dianteira desses investimentos", explicou Tadini.

Leia também:

7 passos para investir em ações de forma simples e segura

Prévia: Confiança da Indústria tem maior queda mensal da série em abril

O presidente-executivo da Abdib ainda classificou que a regulação do setor de saneamento é fundamental para a retomada - do ponto de vista econômico e de saúde. "Nós temos os índices baixíssimos de coleta e tratamento de esgoto e mesmo de abastecimento de água. Temos um país desequilibrado regionalmente e com renda funcional, então é de preciso efetivamente melhorar esse esse marco regulatório para que a gente possa acelerar também a participação privada no saneamento", concluiu.

Por fim, ele ressaltou que é importante que aconteça a "estruturação de um bloco de investimentos públicos e privados" que dê condições para a saída da crise e retomada da economia.