Reserva de emergência em tempos de COVID-19: como organizar e onde investir


Do CNN Brasil Business, em São Paulo
27 de abril de 2020 às 09:06 | Atualizado 27 de abril de 2020 às 18:40
Podcast O que eu faço

CNN lança podcast para tirar dúvidas sobre investimentos em tempos de crise

Foto: Divulgação

Ter uma reserva de emergência sempre foi uma das premissas básicas de finanças pessoais. Em tempos de pandemia como a do novo coronavírus, que tem causado danos avassaladores a diversas economias mundiais, contar com esse montante extra é fundamental.  

Embora seja um dos principais mandamentos do bom investidor, no Brasil, ter uma reserva de emergência para situações adversas não é algo tão comum: um estudo publicado no final de 2019 pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) mostra que apenas 1 a cada 10 brasileiros consegue guardar dinheiro todo mês. 

Mas, afinal, por que é tão difícil estruturar uma reserva de emergência? O quanto devo guardar por mês? Onde investir esse montante? É sob essa temática que o Podcast “O que eu faço?” estreia. 

Comandado pelo diretor da plataforma CNN Brasil Business, Fernando Nakagawa, e pela apresentadora da CNN Luciana Barreto, o programa vai tirar dúvidas sobre investimentos e finanças pessoais em tempos de crise e também orientar investidores que vivem o dilema do que fazer com seu dinheiro em face da instabilidade dos mercados durante a pandemia do novo coronavírus.

No primeiro episódio, Fernando Nakagawa, e André Jankavski, editor-executivo do CNN Business, conversam com Luciane Effting, superintendente-executiva de investimentos do Banco Santander, a fim de encontrar a melhor maneira de organizar uma reserva de emergência e as principais dicas para investi-la.