Google dará folga a equipe em 22 de maio para evitar esgotamento por pandemia

Empresa começará a reabrir mais escritórios em todo o mundo a partir de junho, mas maioria dos funcionários provavelmente trabalhará de casa até o final do ano

Reuters
11 de maio de 2020 às 12:00 | Atualizado 11 de maio de 2020 às 12:50
Google vai permtir que funcionários façam home office até o fim de 2020
Foto: Reprodução/Google

O Google anunciou na sexta-feira (11) que pediu aos funcionários que tirem um dia de folga em 22 de maio para ajudá-los a lidar com o esgotamento relacionado ao trabalho remoto durante a pandemia de coronavírus.

O Google disse que começará a reabrir mais escritórios em todo o mundo a partir de junho, mas a maioria dos funcionários provavelmente trabalhará de casa até o final deste ano.

Efeito pandemia

O Facebook também disse na sexta-feira (08) que vai permitir que seus funcionários trabalhassem de maneira remota até o final de 2020.

A gigante das mídias sociais também espera que a maioria dos escritórios permaneça fechada até 6 de julho, segundo um porta-voz da empresa. O vírus, que já infectou mais de 3,8 milhões de pessoas em todo o mundo até agora, forçou estritos bloqueios na maioria dos países e mudou a forma como as empresas funcionam, com o trabalho remoto emergindo como a nova norma.