Volkswagen terá que restituir clientes por escândalo de fraude de poluentes

Tribunal alemão impôs derrota a montadora; em 2015, companhia admitiu falsificar testes de emissões de motores a diesel de seus veículos

Reuters
25 de maio de 2020 às 16:31

Fábrica da Volkswagen no Brasil

Foto: Divulgação

A Volkswagen tem que pagar compensações aos donos de veículos a diesel envolvidos num esquema de fraude de testes de emissões de poluentes na Alemanha, decidiu um tribunal nesta segunda-feira, em um novo golpe contra a montadora quase cinco anos após o surgimento do escândalo.

A decisão, que permite que proprietários devolvam os veículos para receberem uma parte do valor de compra, serve como base para cerca de 60 mil processos pendentes na justiça alemã.

A Volkswagen admitiu em setembro de 2015 falsificar testes de emissões de poluentes de motores diesel, um escândalo que já custou à empresa mais de 30 bilhões de euros em multas e readequação de veículos, principalmente nos Estados Unidos.

A montadora afirmou nesta segunda-feira que vai trabalhar com os proprietários em um acordo para que eles fiquem com os veículos em troca de um pagamento compensatório. A empresa não informou quanto a decisão da justiça poderá custar.

(Por Ilona Wissenbach)