EUA surpreendem e registram 2,5 milhões de vagas de emprego em maio


Reuters
05 de junho de 2020 às 10:58 | Atualizado 05 de junho de 2020 às 11:39

Conforme informaçõs divulgadas pelo governo americano nesta sexta-feira (5),  a taxa de desemprego nos Estados Unidos (EUA) caiu inesperadamente em maio. No relatório, dados mostram que a contração econômica causada pela pandemia de Covid-19 pode estar desacelerando.

O resultado surpreendeu economistas, que esperavam salto da taxa de desemprego a 19,8% para o mês, com fechamento de 8 milhões de vagas. Entretanto, o relatório mensal de emprego do Departamento do Trabalho mostrou que a taxa de desemprego caiu a 13,3% no mês passado de 14,7% em abril. Foram criadas 2,509 milhões de vagas fora do setor agrícola, ante perda recorde de 20,687 milhões em abril.

O mercado de trabalho melhorou consideravelmente na segunda metade de maio conforme as empresas reabriram após terem que ser fechadas em meados de março para conter a disseminação da Covid-19. A confiança do consumidor, a indústria e o setor de serviços também estão se estabilizando, embora a níveis baixos, em sinais de que o pior acabou.

Leia também:

1 em cada 4 norte-americanos já pediu auxílio-desemprego durante a pandemia

Desemprego nos EUA chega a 14,7% e é maior entre jovens com até 19 anos