Bombril irá retirar a Krespinha de seu portfólio após acusação de racismo

Decisão ocorre após a hashtag #bombrilracista se tornar um dos assuntos mais comentados nas redes sociais

Da CNN, em São Paulo
17 de junho de 2020 às 17:48

Após reação nas redes sociais, a Bombril anunciou que irá retirar de seu portfólio a esponja de aço Krespinha. O produto se tornou alvo de críticas após a marca ter realizado um rebranding do produto, cujo nome é associado à forma preconceituosa e pejorativa de se referir ao cabelo crespo, além de ter conotações racistas.

A Bombril explica que a Krespinha foi lançada em 1950 e é vendida há 70 anos. Em seu lançamento, o produto tinha como logo uma menina negra. Em comunicado, a empresa disse que não tinha intenção de ferir ninguém e pediu desculpas.

A hashtag #bombrilracista se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais e foi um dos principais motivos da retirada do produto do portfólio da empresa.

(Edição: Paulo Toledo Piza).