Preços do petróleo sobem com dados industriais bons e queda em estoques nos EUA


Bozorgmehr Sharafedin, da Reuters
01 de julho de 2020 às 11:41
petróleo

Petróleo: Indicadores sinalizam recuperação econômica e aumento na demanda por energia, apesar dos crescentes casos de coronavírus pelo mundo

Foto: Reprodução/ Agência Brasil

Os preços do petróleo subiam nesta quarta-feira (1º), após dados industriais positivos e uma queda nos estoques nos Estados Unidos, ambos indicadores de uma recuperação econômica e de aumento na demanda por energia apesar dos crescentes casos de coronavírus pelo mundo.

O petróleo Brent subia US$ 0,81, ou 1,96%, a US$ 42,08 por barril, às 8h31 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava US$ 0,82, ou 2,09%, a US$ 40,09 por barril.

Os estoques de petróleo e gasolina nos EUA caíram mais que o esperado na semana passada, enquanto os estoques de destilados avançaram, segundo dados do Instituto Americano do Petróleo na terça-feira.

"A principal preocupação do mercado é a demanda e como a Covid-19 a afeta, então qualquer sinal de que a demanda está se recuperando é bem-vindo e impulsiona os preços", disse a analista da Rystad Energy, Louise Dickson.

Dados oficiais sobre estoques do governo dos Estados Unidos serão divulgados nesta quarta-feira (2).

O sentimento do mercado também foi impulsionado por dados econômicos positivos pelo mundo. Na China, o índice industrial de gestores de compra (PMI) mostrou que fábricas estão lentamente ganhando ritmo em junho, após o governo ter aliviado medidas de isolamento.

O setor industrial alemao recuou a um ritmo menor em junho, enquanto na França a atividade industrial se recuperou e cresceu.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook