Lojas Americanas capta R$ 7,8 bilhões em oferta de ações

A empresa vai usar parte dos recursos na sua fintech AME. Foram emitidas 108 milhões de ações ordinárias

Da Reuters
15 de julho de 2020 às 13:33

Fachada de unidade da Lojas Americanas: varejista captou quase R$ 7,9 bilhões em oferta de ações

Foto: Reuters/Sergio Moraes

A Lojas Americanas captou R$ 7,87 bilhões em oferta restrita de ações precificada na terça-feira, com parte desses recursos prevista para capitalização de sua controlada de comércio eletrônico B2W. 

Foram emitidas 108 milhões de ações ordinárias ao preço de R$ 29,78 por papel e preferenciais a R$ 34,50 por ação, em operação que incluiu lote adicional, segundo fato relevante da companhia no final da terça-feira. 

Na véspera, as ações ordinárias da companhia fecharam a R$ 29,91 e os papéis preferenciais encerraram a R$ 34,65.

Além de capitalizar a B2W, a companhia afirmou que pretende destinar os recursos da operação também a investimentos na sua fintech AME Digital e na otimização da sua estrutura de capital.

Na ocasião do anúncio da oferta subsequente, a Lojas Americanas disse que ela e B2W estudam a possibilidade de um aumento de capital por subscrição privada na B2W Digital de, aproximadamente, R$ 3 bilhões.

A operação tem como coordenadores BTG Pactual, Bank of America, Itaú BBA, Bradesco BBI, Santander Brasil, Safra, Goldman Sachs e Morgan Stanley.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook