Elon Musk cala os críticos: Tesla registra quarto trimestre seguido de lucro


Do CNN Brasil Business, em São Paulo
22 de julho de 2020 às 19:17 | Atualizado 23 de julho de 2020 às 10:03

A montadora de carros elétricos Tesla, controlada pelo excêntrico bilionário Elon Musk, deixou os seus investidores animados nesta quarta-feira (22). Pelo quarto trimestre consecutivo, a empresa registrou lucro e ainda manteve a meta de mais de meio milhão de entregas de veículos no ano. E isso aconteceu mesmo com as interrupções causadas pela pandemia da Covid-19.

Apesar de manter as metas, a pandemia fez com que a receita caísse no ano fiscal: de US$ 6,35 bilhões para US$ 6 bilhões. Mesmo assim, ficou bem acima da previsão dos analistas, que era de um faturamento perto de US$ 5,4 bilhões.

O lucro, por sua vez, foi de US$ 104 milhões no segundo trimestre de 2020, 550% de crescimento em relação ao primeiro trimestre. 

Os resultados calaram os céticos no início do mês, que colocavam em dúvida se a empresa tem um futuro tão brilhante quanto Musk gosta de falar. As vendas de veículos também superaram as expectativas de Wall Street.

Leia também:
Mike Pompeo diz que EUA podem proibir aplicativos chineses, incluindo TikTok
Elon Musk é 'excessivamente otimista', diz presidente da Panasonic

Musk possui 20,8% das ações da Tesla e esse percentual o qualificou para um dividendo sem precedentes na história da empresa. Ele vai colocar em seu bolso cerca de US$ 2,1 bilhões, seu segundo pacote de remuneração da fabricante de carros elétricos desde maio.

Isso vai aumentar ainda mais a sua fortuna. No início do mês, ele ultrapassou o mega investidor e guru Warren Buffett. As ações da empresa já acumulam uma alta de mais de 280% em 2020.

Outra coisa que tem animado os investidores é o avanço da empresa em carros autônomos. Durante a abertura da Conferência Mundial de Inteligência Artificial de Xangai, Musk afirmou que a empresa está muito perto de atingir o nível mais alto de condução sem motorista.

"Estou extremamente confiante de que o nível 5 ou uma autonomia essencialmente completa acontecerá e acho que acontecerá muito rapidamente", disse Musk.

(Com informações da Reuters)

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook