Desemprego no país sobe 20,9% entre maio e julho, aponta IBGE


Da CNN, em São Paulo
20 de agosto de 2020 às 23:39

A pandemia do novo coronavírus continua afetando o mercado de trabalho no país. 

O número de pessoas desempregadas no Brasil cresceu 20,9% entre maio e julho, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quinta-feira (20).

Nesse período, o número de desempregados passou de 10.129 milhões de pessoas para 12.253 milhões -- cerca de 2,1 milhões a mais.

Assista e leia também:

4 milhões de domicílios tinham morador que solicitou empréstimo, diz IBGE

Homem folheia carteira de trabalho

Homem folheia carteira de trabalho

Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

De acordo com o levantamento, mês a mês o número de pessoas ocupadas cai. Em maio eram 84.404 milhões; em junho, 83.449 milhões; e em julho, 81.484 milhões.

A pesquisa também revelou que mais de 30 milhões de domicílios receberam algum tipo de auxílio emergencial em julho, e 4 milhões de brasileiros recorreram a empréstimos na pandemia

(Edição do texto: Paulo Toledo Piza).