Ações de Tesla e Apple ficam mais 'acessíveis' e disparam; entenda


Do CNN Brasil Business, em São Paulo*
31 de agosto de 2020 às 13:29 | Atualizado 31 de agosto de 2020 às 13:34
Nasdaq

Fachada da Nasdaq, em Nova York: além dos desdobramentos das ações de Tesla e Apple, nova regra para BDRs entra em vigor amanhã (1º)

Foto: Marcelo Favalli/CNN

Comprar ações da Apple e da Tesla ficou mais barato nesta segunda-feira. Preocupadas com o alto preço dos papéis, as empresas anunciaram o desdobramento de ações, que passa a valer nesta segunda-feira (31). 

A Apple anunciou no dia 30 de julho o desdobramento de uma para quatro ações. Desde então, suas ações subiram quase 30%, impulsionadas por bons resultados trimestrais. Nesta segunda, os papéis da empresa de tecnologia ganhavam 3,3% (às 13h). 

Este é o mais recente desdobramento de ações da Apple desde um split de uma para sete ações em 2014 e o quinto desde sua listagem, em 1980. Os papéis da Apple fecharam a US$ 499,23 na sexta-feira, antes do split, uma alta de 70% neste ano.

Leia também:
Os BDRs com maior retorno nos últimos 12 meses: Tesla, Nvidia, Apple e PayPal
O que são BDRs e quem pode investir em ações no exterior?

A Tesla fez o mesmo no início deste mês, anunciando um desdobramento de uma para cinco ações, que também entrou em vigor nesta segunda-feira.

As ações da montadora, em alta de 61% desde que anunciou seu primeiro desdobramento em meados de agosto, fecharam a US$ 2.213 na sexta-feira. Às 13h, as ações eram negociadas com alta de 9,45%, a US$ 484, levando em conta o valor ajustado do desdobramento.

A alta nas empresas de tecnologia deve ter um impacto maior no mercado brasileiro desta vez, já que, a partir de amanhã (1º), qualquer investidor poderá comprar BDRs (Brazilian Depositary Receipts). Antes, eles estavam disponíveis somente para investidores qualificados (que possuem mais de R$ 1 milhão em aplicações).

Esses títulos funcionam como  certificados que representam ações de empresas listadas em bolsas de outros países. Ou seja, ficou ainda mais fácil e acessível comprar ações de Tesla e Apple. 

*Com Reuters

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook