Vale diz que não chegou a acordo para vender participação em Nova Caledônia

A companhia explica que agora dará início às etapas necessárias para colocar a operação em preparação para um possível fechamento

Da Reuters
08 de setembro de 2020 às 08:00
Fachada de edifício da mineradora Vale (20.ago.2014)
Foto: Pilar Olivares/Reuters

A Vale (VALE3) informou nesta segunda-feira (7) que não obteve acordo para vender sua participação de 95% na Nova Caledônia para a New Century Resources (NCZ).

Segundo a empresa, isso conclui o período de exclusividade com a New Century Resources anunciado inicialmente em 25 de maio, depois estendido em 28 de julho e que encerra em 8 de setembro.

Leia também:
Vale e Eletrobras ultrapassam lucros do bancos no 2º tri. Isso deve continuar?
MPF pede intervenção na Vale e suspensão do pagamento de dividendos; ações caem

Em fato relevante, a companhia explica que agora dará início às etapas necessárias para colocar a Nova Caledônia em preparação para um possível fechamento da operação, caso nenhuma solução sustentável seja encontrada nos próximos meses.

"A Vale e todos os envolvidos no processo de desinvestimento (...) continuam a explorar alternativas para criar um futuro viável para a VNC (Nova Caledônia), todas as quais contemplarão a saída da Vale", afirmou a companhia.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook