Gol encerra agosto com R$ 2,1 bilhões em liquidez total e ações sobem


Paula Arend Laier, da Reuters
10 de setembro de 2020 às 13:41 | Atualizado 10 de setembro de 2020 às 14:53
Boeing 737 da Gol aterrissando no Rio de Janeiro

Avião da Gol: o VP financeiro da empresa disse que a Gol não tem vencimentos significativos de dívida até 2024

Foto: Sergio Moraes

A Gol (GOLL4) encerrou agosto com aproximadamente R$ 2,1 bilhões em liquidez total, de acordo com dados preliminares e não auditados divulgados nesta quinta-feira pela companhia aérea, valor que representa queda de 17% em relação a julho.

No mês passado, a empresa cumpriu suas obrigações quanto ao 'Term Loan B', sua principal dívida de curto prazo, no valor de US$ 300 milhões. Após essa amortização, o prazo médio da dívida de longo prazo da companhia, excluindo arrendamento de aeronaves e notas perpétuas, é de quase 4 anos.

A notícia animou os investidores. Às 14h52, as ações subiam 4,78%.

"Não temos vencimentos significativos de dívida até 2024", afirmou o diretor vice-presidente Financeiro da Gol, Richard Lark, no fato relevante à comissão de Valores Mobiliários (CVM). 

Leia também:
Azul pode abrir mão de socorro do BNDES, diz presidente
Em pior trimestre da história, Latam segue Azul e Gol e tem prejuízo bilionário

A companhia informou que o consumo líquido de caixa diário em agosto recuou 91% ante julho, para R$ 6 milhões, conforme cálculo que desconsidera pagamentos relacionados ao serviço de dívida e inclui aproximadamente R$ 14 milhões por dia em entradas operacionais (vendas e recebíveis).

A Gol acrescentou ainda que, desde o final de julho, sua oferta aumentou para uma média de 190 voos por dia a fim de servir aumento de 20% na demanda por transporte aéreo em agosto. No mês passado, a receita bruta consolidada cresceu 15% ante julho, para R$ 293 milhões.

Com incremento de aproximadamente 300 voos por dia, as operações em setembro devem alcançar 40% do realizado no mesmo mês de 2019, calcula a empresa.

O cenário atual de planejamento da capacidade da companhia assume alta de 300% no terceiro trimestre ante o segundo e acréscimo de 120% no quarto trimestre ante o terceiro, esperando terminar 2020 com 80% da sua capacidade doméstica.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook