Warren Buffett e Salesforce vão investir US$ 500 milhões no IPO da Snowflake

A empresa de computação em nuvem pode ser avaliada em até US$ 23,7 bilhões de dólares em sua oferta inicial de ações na bolsa de Nova York

Michelle Toh, do CNN Business, em Hong Kong
12 de setembro de 2020 às 07:00
Warren Buffett
Magnata Warren Buffett: nova aposta do bilionário será na empresa de tecnologia Berskhire
Foto: Scott Morgan/Reuters

A empresa de computação em nuvem Snowflake acaba de ganhar dois grandes patrocinadores no processo de abertura de seu capital: a Berkshire Hathaway e a Salesforce.

Com sede em San Mateo, Califórnia, a Snowflake afirmou em seu registro regulatório na terça-feira (8) que garantiu o compromisso das duas empresas norte-americanas de investir nela assim que entrar na Bolsa de Valores de Nova York.

A Snowflake pediu registro para sua oferta pública inicial em agosto. Nesta semana, ela revelou à SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, que as empresas de Warren Buffett e Marc Benioff (Berkshire e Salesforce, respectivamente) comprariam cada uma US$ 250 milhões em ações em uma alocação privada imediatamente após sua estreia no mercado. A empresa observou que os investimentos eram “dependentes à conclusão desta oferta”.

Leia também:
Aos 90, Warren Buffett investe US$ 6 bi nas 5 maiores tradings do Japão
Warren Buffett não precisa da ajuda do Fed – mas recebe mesmo assim

A notícia pode gerar ainda mais entusiasmo para os planos de IPO, para o qual a empresa já tinha grandes ambições. Com oito anos de história, a Snowflake disse em seu prospecto na terça-feira que planeja vender 28 milhões de ações, com a opção de liberar 4,2 milhões de ações adicionais, por algo entre US$ 75 e US$ 85 cada.

O limite superior dessa faixa avaliaria a empresa em quase US$ 23,7 bilhões – quase o dobro de sua avaliação anterior em fevereiro, que foi de mais de US$ 12,4 bilhões.

A empresa planeja levantar até US$ 2,7 bilhões no total, incluindo os rendimentos de seus investidores privados, assumindo um ponto médio de US$ 80 por ação. Isso pode subir para US$ 3 bilhões se os subscritores exercerem sua opção sobre as ações adicionais.

Se consolidado, esse será um dos maiores IPOs de tecnologia do mundo no ano, de acordo com a Dealogic. O fato exclui listagens secundárias, como as da NetEaseou da JD.com, que levantaram mais, observou a empresa de pesquisa.

A Snowflake foi fundada em 2012 como um “armazém de dados construído para a nuvem” e tem como parceiros os principais fornecedores de software empresarial, como Google Cloud, Amazon Web Services e Microsoft Azure.

A empresa agora tem mais de dois mil funcionários em mais de uma dezena de locais em todo o mundo, incluindo os Estados Unidos, Europa e Ásia.

A empresa planeja começar a operar em Nova York sob o codinome “SNOW”.

(Texto traduzido, clique aqui para ler o original em inglês)

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook