CVC: Turismo voltará ao normal somente em 2023, diz CEO

Ele argumenta que as grandes feiras, que movimentam o turismo internacional de negócios, ainda demorararão para acontecer enquanto não houver uma vacina

Estadão Conteúdo
22 de setembro de 2020 às 17:43
Leonel Andrade, CEO da CVC: 'Torço para estar errado, mas gosto de preparar a empresa para o pior cenário'
Foto: Divulgação

O presidente da CVC (CVCB3), Leonel Andrade, disse nesta terça-feira, 22 que o setor de turismo só deve voltar ao movimento pré-pandemia em 2023. "Chegaremos ao fim de 2020 com cerca de 50% do que tínhamos. Em 2021, devemos estar em cerca de 70% e terminar 2022 com 100% do movimento. Assim, só teremos ano cheio em 2023", afirmou o CEO.

Leia também:
Ações da CVC, Gol e Azul despencam com temores de novo lockdown na Europa
Brasileiros devem viajar bastante no fim do ano, diz presidente da CVC

Ele argumenta que as grandes feiras, que movimentam o turismo internacional de negócios, ainda demorarão para acontecer enquanto não houver uma vacina. "Torço para estar errado, mas gosto de preparar a empresa para o pior cenário", afirma Andrade.

Em relação a critérios de sustentabilidade, o CEO diz que a companhia tem ainda tem um longo caminho a percorrer. "Faço uma confissão, precisamos melhorar em relação a sustentabilidade", afirmou durante a Live da qual participou nesta tarde, promovida pelo jornal O Tempo.

Ele disse ainda que os clientes e investidores devem ver no próximo ano uma empresa mais diversa em seu quadro de funcionários. "Simplesmente porque os nossos clientes são diversos", afirmou.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook