Enel goiana, antiga CELG, pede registro de companhia aberta à CVM

Caso o pedido seja deferido, a empresa poderá abrir seu capital e ofertar ações publicamente através da bolsa de valores de São Paulo

Matheus Prado, do CNN Brasil Business, em São Paulo
22 de setembro de 2020 às 11:21 | Atualizado 23 de setembro de 2020 às 11:56
Linhas de transmissão em Santo Antônio do Jardim, São Paulo (06.fev.2014)
Foto: Paulo Whitaker/Reuters

A Enel Distribuição Goiás, anteriormente conhecida como Companhia Energética de Goiás ou CELG, pediu registro de companhia aberta à CVM nesta segunda-feira (21). Caso o pedido seja deferido, a empresa poderá abrir seu capital.

O pedido se encaixa na categoria B, que não permite negociação de suas ações em mercados regulados (Bolsa de Valores). Assim, "o objetivo primário é conduzir a companhia às melhores práticas de governança corporativa", diz a empresa.

Resultados de 2019, os últimos disponibilizados no site de Relação com Investidores da empresa, mostram que a empresa tem cerca de 3 milhões de clientes, entre espaços residenciais, comerciais, rurais e outros.

Leia também:
Grupo Mateus planeja levantar R$ 6,25 bilhões em IPO
Wine, Havan, Enjoei: IPOs inundam a B3, analistas dão dicas para evitar furadas

A receita líquida da empresa foi de R$ 6,02 bi em 2019, ante R$ 5,4 bi em 2018, um aumento de 11%. Apesar disso, o lucro líquido passou de R$ 1,5 bi em 2018 para prejuízo de R$ 99 milhões no ano seguinte. No documento, a empresa afirma que a queda ocorreu por conta da incidência de juros sobre suas dívidas e da variação cambial. 

O mercado brasileiro já possui mais de uma dezena de empresas do setor elétrico listadas em bolsa, um setor considerado defensivo pelos analistas. Energisa (ENGI11), CPFL (CPFE3), Engie (EGIE3), AES Tietê (TIET11), Cemig (CMIG4) e Light (LIGT3) são algumas delas.

Italiana de origem e listada na bolsa de Milão, a Enel tem operação em 4 estados brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Goiáis. 

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook