Uber altera política de cancelamento e nova taxação varia de R$ 5 a R$ 20

Desde o dia 21, o valor da taxa passou a ser calculado com base no tempo e na distância percorrida pelo motorista

Gabriel Passeri*, da CNN em São Paulo
23 de setembro de 2020 às 20:26 | Atualizado 24 de setembro de 2020 às 11:41

A Uber decidiu alterar a política de cancelamento das corridas por aplicativo. Os clientes da empresa receberam, na última segunda-feira (21), um e-mail informando sobre o aumento da taxação, com valores entre R$ 5,00 e R$ 20,00. Dentro desse intervalo, a cobrança pode variar de acordo com a cidade.

Leia também:

Luiza Trajano é a maior bilionária do Brasil; veja quais são as outras mulheres

Presidente do Magazine Luiza: 'diversidade vai gerar resultados maiores'

Celular de usuário que navega pelo aplicativo do Uber
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Desde o dia 21, o valor da taxa passou a ser calculado com base no tempo e na distância percorrida pelo motorista desde a solicitação da viagem até o momento do cancelamento. Segundo a empresa, a nova política torna o sistema mais justo.

O passageiro tem até dois minutos para cancelar a viagem sem ser taxado. Caso ultrapasse esse tempo, o cliente é informado sobre valor cobrado antes da confirmar o cancelamento.

Caso o motorista cancele a viagem após espera de mais de cinco minutos no local de embarque, será cobrado o valor mínimo de R$ 5,00 do cliente. Vale ressaltar que a nova regra se aplica para cancelamentos feitos tanto por usuários quanto por motoristas cadastrados.

(*Supervisão de Evelyne Lorenzetti)