Bolsonaro diz que vai reduzir imposto sobre games para 30% após ‘molecada chiar’

Na noite de quinta-feira, o presidente ainda fez uma postagem em seu Twitter sobre o assunto. “Reconheço não ser o ideal, mas estamos avançando”

Do CNN Brasil Business, em São Paulo
09 de outubro de 2020 às 17:13 | Atualizado 09 de outubro de 2020 às 17:26
O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto: vídeogames devem ter menos imposto
Foto: Ueslei Marcelino/Reuters (7.out.2020)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) diz que está ouvindo a ‘molecada’ na questão de impostos sobre videogames. No ano passado, em agosto, o presidente reduziu as alíquotas de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) da 20% a 50% para 16% a 40%. Agora, o presidente afirmou que quer um teto de 30%.

“A garotada ano passado começou a reclamar do preço de jogos eletrônicos e conseguimos passar o maior degrau de 50% a 40%. A molecada voltou a chiar, com razão, e já conversei com o Paulo Guedes (...) e agora vamos passar de 40% para 30%”, disse o presidente durante a sua live semanal.

Leia também:
Among Us: qual é o segredo do jogo mais baixado do mundo em 2020?
Poupança tem rentabilidade negativa de 0,46%, pior patamar desde agosto de 2016
Campos Neto: Choque fiscal explica parte da depreciação cambial dos emergentes

Na noite de quinta-feira, o presidente ainda fez uma postagem em seu Twitter sobre o assunto. “Reconheço não ser o ideal, mas estamos avançando”, diz Bolsonaro. “Um abraço aos gamers.”

Mais tarde, o deputado-federal Kim Kataguiri (DEM-SP), respondeu ao presidente dizendo que 30% não basta.

“Ainda é o dobro do imposto sobre celulares e o triplo do imposto sobre baralho”, afirmou. “A política de sobretaxa nos conseoles só tem afastado empresas que geravam milhares de empregos no país, como Sony e Nintendo”, disse o deputado.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook