Linx diz que vai analisar nova oferta da Totvs, se ocorrer

Na véspera, a TOTVS ampliou para 17 de novembro o prazo para que a Linx avalie o negócio

Reuters
09 de outubro de 2020 às 13:30
Fachada de prédio do escritório da TOVS
Foto: Aluísio Alves/Reuters

Produtora de software voltada para o varejo, a Linx (LINX3) informou nesta sexta-feira (9) que vai analisar uma eventual nova proposta da rival Totvs (TOTS3). Na véspera, a concorrente ampliou para 17 de novembro o prazo para que a empresa avalie o negócio.

A Linx não informou, no comunicado, qual seria a nova proposta da Totvs, que, na quinta-feira (8), mencionou apenas a possibilidade "de majoração da proposta, se e quando julgar adequada" juntamente com críticas à administração da rival.

Leia também:
Linx marca para 17 de novembro assembleia sobre acordo com Stone
Totvs prorroga proposta pela Linx e acena com possível aumento da oferta

"A companhia (Linx), por meio do comitê independente, analisará a nova proposta apresentada pela Totvs por meio de fato relevante de ontem, emitindo sua avaliação oportunamente, sempre em vista do melhor interesse da Linx e de seus acionistas", afirmou a produtora de software nesta sexta-feira.

Procurada pela Reuters, a Totvs afirmou que não apresentou nova oferta pela Linx e que a empresa se referiu ao comunicado da rival em que citou a possibilidade de elevar a proposta.

Também na quinta-feira, a Totvs divulgou que a combinação de negócios com a Linx pode gerar sinergias operacionais estimadas de aproximadamente 3,2 bilhões de reais. A empresa disputa a Linx com a companhia de meios de pagamentos Stone, pela qual a produtora de software tem preferência.

Às 11h53, a ação da Totvs subia 0,3%, enquanto a da Linx mostrava ganho de 1,8%. O Ibovespa avançava 0,55%.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook