Pilgrim's pagará US$ 110,5 mi em acordo nos EUA sobre vendas de frangos de corte


Paula Arend Laier, da Reuters
14 de outubro de 2020 às 16:29
JBS

JBS: o acordo não recomenda monitoramento, restituição ou período condicional, e prevê que a Divisão Antitruste não apresentará acusações adicionais contra a Pilgrim's sobre este tema

Foto: Diego Vara/Reuters

A JBS comunicou na madrugada desta quarta-feira (14) que sua subsidiária Pilgrim's Pride Corporation celebrou um acordo com a Divisão Antitruste do Departamento de Justiça norte-americano envolvendo investigação sobre vendas de frangos de corte nos Estados Unidos.

No acordo, que está sujeito à aprovação da Corte Distrital de Colorado, a Pilgrim’s e a Divisão Antitruste concordaram em uma multa de US$ 110,5 milhões por restrições à competição que afetou três contratos de venda de produtos de frango de corte a um cliente nos EUA.

Leia também:
CEO da JBS, Gilberto Tomazoni explica projeto de R$ 1 bi para preservar Amazônia
Petrobras perde para JBS posto de empresa que mais fatura no país

Ainda segundo o comunicado da Pilgrim's à JBS, o acordo não recomenda monitoramento, restituição ou período condicional, e prevê que a Divisão Antitruste não apresentará acusações adicionais contra a Pilgrim's com relação a este tema, condicionado a que a companhia cumpra com os termos e condições do acordo.

A Pilgrim's afirmou que pretende registrar a multa como despesas diversas em suas demonstrações financeiras do terceiro trimestre de 2020.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook