TIM e Fiat fecham parceria para carros conectados a partir de 2021

"O carro conectado será o ponto de partida para novas soluções que viabilizarão relevantes transformações na jornada do consumidor"

Circe Bonatelli, do Estadão Conteúdo
28 de outubro de 2020 às 17:52

Nova Strada, da Fiat: lançamentos da FCA vão contar com chip para acessar a internet

Foto: Divulgação/FCA

A operadora TIM Brasil e a montadora Fiat Chrysler Automóveis (FCA) fecharam parceria para oferecer soluções de conectividade em veículos das marcas Fiat, Jeep e Ram a partir da primeira metade de 2021.

Com isso, os futuros lançamentos da montadora vão contar com um chip virtual para acessar a internet a bordo, permitindo o contato em tempo real entre o carro e o motorista. Na prática, o motorista terá acesso a uma variedade de serviços, desde conteúdos de entretenimento até segurança e rotinas do dia a dia.

Leia também:
Harley-Davidson lança bicicleta elétrica para expandir negócios e atrair jovens
AliExpress quer popularizar o '11.11' no Brasil, mas logística ainda é desafio

As empresas dizem que será possível, por exemplo, dar a partida remotamente e ligar o ar-condicionado antes mesmo da entrada no veículo. Ou então receber um alerta da necessidade de manutenção em determinadas peças.

"O carro conectado será o ponto de partida para novas soluções que viabilizarão relevantes transformações na jornada do consumidor", afirma Breno Kamei, diretor de Portfólio, Pesquisa e Inteligência Competitiva da FCA para a América Latina.

Com a parceria, a TIM quer disputar espaço no segmento de tecnologia veicular e alcançar mais clientes no ramo da internet das coisas. A iniciativa também esquenta a briga local das teles para ocupar o promissor segmento de inteligência automotiva.

A Vivo, por exemplo, lançou no ano passado um serviço que cria um ponto de internet wi-fi nos carros, armazena dados e também emite alertas sobre o estado do veículo. E a Algar Telecom lançou aplicativo que "transforma" carros, caminhões ou motos em máquinas inteligentes, aumentando a conectividade.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook