Maluhy Filho será o novo presidente do Itaú Unibanco

Novo executivo substituirá Candido Bracher, que completará a idade limite estatutária de 62 anos em dezembro

Aluísio Alves, da Reuters
29 de outubro de 2020 às 20:12 | Atualizado 29 de outubro de 2020 às 20:23

Foto: Sergio Moraes/Reuters (29.abr.2019)

O Itaú Unibanco (ITUB3, ITUB4) informou nesta quinta-feira que seu conselho de administração elegeu Milton Maluhy Filho como novo presidente-executivo do grupo, em substituição a Candido Bracher, que completará a idade limite estatutária de 62 anos em dezembro.

Em comunicado, o maior banco privado do país afirmou que o processo de transição vai durar três meses, com Maluhy Filho, de 44 anos, assumindo em 2 de fevereiro de 2021, enquanto Bracher retornará ao conselho de administração grupo.

Leia também: 
Lucro da Stone cresce 30% no 3º tri com forte expansão da base de clientes

Funcionário do banco há 18 anos, Maluhy Filho foi diretor da área de cartões, presidente da unidade do Itaú no Chile e vice-presidente de riscos e finanças e é sócio do banco desde 2011. Seus interlocutores o classificam como um executivo enérgico e franco e que tem sido muito cuidadoso com a questão de custos no banco.

A escolha de Maluhy Filho mostra a guinada do Itaú Unibanco ao escolher um líder mais jovem do que seus antecessores para comandar a maior instituição financeira da América Latina num momento de profunda transformação no ambiente competitivo do setor bancário no Brasil.

O banco mencionou esse cenário no comunicado, citando que "a digitalização de nossas operações e a busca incansável do crescimento em um contexto competitivo particularmente dinâmico, exigirá de todos a dose certa de ousadia, inovação e experimentalismo" como prioridades.

Os primeiros desafios de Maluhy Filho à frente do Itaú Unibanco serão tentar manter participação de mercado e a rentabilidade da instituição após a entrada em vigor do sistema instantâneo de pagamentos PIX e do open banking, ambas inovações vistas por especialistas do mercado como grandes fontes de pressão sobre as receitas dos bancos com tarifas.

O anúncio ocorre às vésperas da divulgação do resultado trimestral do Itaú Unibanco, na próxima terça-feira, quando deve atualizar os efeitos da crise da pandemia da Covid-19 sobre os negócios da instituição.

Clique aqui e siga a página do CNN Brasil Business no Facebook