Mais de 100 sites usam cadastro do Pix para roubar dados

Fase de testes do serviço termina no dia 15 de novembro

Da CNN, em São Paulo
12 de novembro de 2020 às 17:12 | Atualizado 12 de novembro de 2020 às 21:02

 

Um levantamento mostra que mais de cem sites fraudulentos já usaram o cadastro do Pix para roubar dados de clientes. De acordo com o Banco Central, mais de 68 milhões de chaves já foram cadastradas.

Assista e leia também:

Pix já movimentou R$ 65 milhões na primeira semana de testes

Os golpistas criam páginas falsas usando o nome do Pix para que os usuários façam o cadastro e informem os dados pessoais. Eles também têm enviando links pelas redes sociais, mensagem de texto (SMS) e email.

 

(Publicado por Sinara Peixoto)