Pix começa a funcionar nesta segunda (16); veja como fazer transferências

Sistema de pagamentos em tempo real desenvolvido pelo BC também funciona por QR code

Manuela Tecchio, do CNN Brasil Business, em São Paulo
16 de novembro de 2020 às 12:54 | Atualizado 17 de novembro de 2020 às 16:40


Começa a funcionar nesta segunda (16) o aguardado sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC), o Pix. Parte da agenda de digitalização e modernização do sistema financeiro brasileiro, a plataforma busca promover mais “inclusão, competitividade, transparência e educação” no mercado financeiro. Mas, você sabe como aproveitar os benefícios desse novo meio?

Para realizar uma transferência, pagar contas ou mesmo receber dinheiro em tempo real, a qualquer hora do dia, basta acessar o aplicativo do seu banco e clicar no ícone do Pix. Ali, é possível movimentar sua conta bancária inclusive com o uso de QR code. Os credores também podem enviar um link ao devedor e solicitar que seja efetuado o pagamento.

Leia também:
Pix: Por que os bancos e fintechs querem tanto as suas chaves?
Saiba tudo sobre o Pix, sistema que vai acabar com TED e DOC

 


Ao longo do último mês, mais de 30 milhões de pessoas cadastraram suas chaves para receber transferências e realizar pagamentos de forma mais prática. Mas mesmo quem ainda não registrou um código ou mesmo prefere continuar usando dados bancários como agência e número da conta pode usar o Pix. A chave é apenas um facilitador nesse processo, que torna a operação mais ágil.

A partir de agora o Pix vai funcionar durante as 24 horas do dia, todos os dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook