Quem é Elon Musk e por que você precisa saber disso?

Musk se tornou mais rico do que países como Bolívia e Gana. Ele ainda quer enviar as pessoas para o espaço – mas faz sucesso com seus carros elétricos

Juliana Faddul, colaboração para o CNN Brasil Business, em São Paulo
24 de novembro de 2020 às 17:22 | Atualizado 24 de novembro de 2020 às 17:42
Foto: Hannibal Hanschke/Reuters

Já imaginou acordar e saber que o seu saldo bancário está US$ 7,2 bilhões mais gordinho? Pois foi exatamente o que aconteceu com o empresário Elon Musk na segunda-feira (23).

Agora já imaginou abrir sua planilha de boletinhos e ver que a soma da sua fortuna está em US$128 bilhões? E ainda poder tirar onda com os amigos que ultrapassou o Bill Gates (fundador da Microsoft) no ranking de bilionários da Bloomberg? Pois esta é uma semana comum na vida de Musk.

Tá, mas afinal quem é Elon Musk?

Leia também:
Tesla dispara na bolsa e passa a valer cinco vezes mais do que GM e Ford juntas
Elon Musk: Tesla quase faliu em 2017 por problemas com o Model 3

Além de bilionário, Musk é fundador da Tesla, empresa que desenvolve, produz e vende automóveis elétricos. Por que ultimamente só se fala nele? Porque cada semana ele vem ganhando mais e mais dinheiro.

Isso se dá pela alta maré boa que a Tesla vem surfando: as ações da automobilística teve uma disparada e agora está avaliada em US$ 500 bilhões.

Em agosto deste ano ele ocupava o quarto lugar do ranking, subindo para o terceiro na semana passada e, agora, ultrapassou por pouco Bill Gates, conquistando o segundo lugar.

As ações de Musk são sempre voltadas no futuro. Segundo a Bloomberg, a maior parte de sua fortuna (75%) está no investimento na empresa em que é CEO e o restante na SpaceX, empresa de exploração espacial. Ousado ou não, oplano vem dando certo e atualmente ele só está atrás de Jeff Bezos, fundador da Amazon.

Uns com tanto, já outros... 

Para ter algum tipo de comparação valor ultrapassa o PIB da Bolívia, Gana, Costa Rica e Camboja – entre outras tantas nações.

Enquanto o mundo sofria com Covid-19, crise, desemprego e outros problemas que não aliviam nem durante uma pandemia, as fortunas das 500 pessoas mais ricas do mundo aumentaram em US$ 809 bilhões apenas neste ano. É a tal da desigualdade.

A lista de pessoas mais ricas do mundo é dominada por empresários do ramo de tecnologia, mas importante destacar o aparecimento do indiano Mukesh Ambani.

Ele foi o primeiro asiático a ingressar neste seleto grupo e ocupa o décimo lugar após aumentar sua fortuna em US$ 22,5 bilhões com a alta das ações de seu conglomerado, Reliance Industries.

Veja a lista dos 10 mais ricos:

1)     Jeff Bezos: US$ 182 bilhões – Amazon (Tecnologia/Varejo)

2)     Elon Musk: US$ 128 bilhões – Tesla (Automotivo)

3)     Bill Gates: US$ 128 bilhões – Microsoft (Tecnologia)

4)     Bernard Arnault: US$ 105 bilhões – LVMH (Consumo)

5)     Mark Zuckerberg: US$ 102 bilhões – Facebook (Tecnologia)

6)     Warren Buffett: US$ 86,8 bilhões – Berkshire Hathaway (Vários setores)

7)     Larry Page: US$ 81,3 bilhões – Google (Tecnologia)

8)     Sergey Brin: US$ 78,7 bilhões – Google (Tecnologia)

9)     Steve Ballmer: US$ 76,1 bilhões – Microsoft (Tecnologia)

10)   Mukesh Ambani: US$ 74 bilhões – Reliance Industries (Energia)

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook