Produtos no e-commerce são até 21% mais baratos do que nas lojas físicas

Essa diferença contempla apenas o preço entre as lojas física e online do mesmo varejista, e não contabiliza valor do frete, mostra pesquisa da JáCotei

Raphael Coraccini, colaboração para o CNN Brasil Business, em São Paulo
26 de novembro de 2020 às 17:21 | Atualizado 26 de novembro de 2020 às 17:22
Foto: Reprodução/ Pixabay

Está em dúvida se vai comprar na loja ou na internet? Bom, se você quer gastar menos, provavelmente encontrará melhores pechinchas no e-commerce. Uma pesquisa pelo site de comparação de preços JáCotei, realizada dentro das lojas físicas e digitais de grupos de varejo, apontou que os preços de eletrodomésticos e eletrônicos são, na média, 16,14% menores na compra online.

Essa diferença contempla apenas o preço entre as lojas física e online do mesmo varejista, e não contabiliza valor do frete. Por isso, é preciso ficar de olho (e fazer as contas), especialmente nesta Black Friday.

Leia também:
Black Friday começa à meia-noite com descontos e mais digital do que nunca
Black Friday: Saiba como não cair em roubada (e até economizar) em suas compras

Mas como muitos dos produtos são de ticket médio mais elevado, dificilmente a loja física ficará em vantagem.

Quando os valores vistos na loja física são colocados ao lado dos praticados dentro de um site de comparação de preços, a diferença é ainda maior: as melhores ofertas ficam, em média, 21% mais baratas em comparação ao visto nas lojas.

“Essa pesquisa confirma que os as lojas físicas invariavelmente praticam preços maiores do que as virtuais devido aos gastos do espaço como: aluguel, conta de água, luz, IPTU, material, funcionários, estoque local, entre outros”, diz Antômio Coelho, CEO do JáCotei.

Para a amostra, foram coletados os preços na internet e na loja física dos modelos mais vendidos durante um mesmo dia.

Itens mais baratos

Segundo o levantamento, alguns dos eletrodomésticos essenciais são os que apresentam a maior diferença de preço entre lojas físicas e online. A geladeira, por exemplo, tem preço até 27,33% menor em um site de compras quando comparado com o preço de uma loja física.  

O fogão, quando buscado no comparador de preço, tem desconto de 25,13%, e a lavadora de roupas é 20,78% mais barata no online. O campeão de descontos é o climatizador de ar, que pode sair até 32,64% mais barato.

Os eletrônicos também registraram descontos relevantes no comparador de preço. Uma televisão pode ser até 18,55% mais barata na internet. Os smartphones têm descontos de 13,06% e as impressoras, 9,12%.

Vale lembrar que as diferenças não incluem o valor de frete cobrado no digital, que pode reduzir o valor do desconto.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook