BNDES aprova financiamento de R$191 mi para usinas solares em São Paulo

Empreendimento suficiente para atender à demanda de cerca de 125 mil residências, diz banco

Por Luciano Costa, da Reuters
15 de dezembro de 2020 às 17:34 | Atualizado 15 de dezembro de 2020 às 17:59
Logo do BNDES
Foto: Sergio Moraes/Reuters

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 191 milhões para a construção de três usinas solares no interior de São Paulo que pertencem ao grupo espanhol Powertis.

Leia também: 
Credit Suisse: Brasil tem pior década em 110 anos e retomada só vem com reformas
S&P reafirma rating do Brasil em 'BB-/B' e mantém perspectiva estável

Os empreendimentos, no município de Pedranópolis, somarão 90 megawatts em capacidade instalada, o suficiente para atender à demanda de cerca de 125 mil residências disse o banco estatal em comunicado nesta terça-feira, (15).

Esse é o segundo empréstimo do BNDES para projetos solares da Powertis, que pertence ao mesmo grupo da Soltec Brasil, fabricante de "trackers", utilizados para permitir que os painéis solares acompanhem o movimento do sol ao longo do dia. Antes, o BNDES havia aprovado R$ 194 milhões para um complexo fotovoltaico da empresa em Minas Gerais.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook