Bitcoin supera US$ 20 mil pela 1ª vez na história

A criptomoeda acumula uma valorização neste ano de mais de 170%

Thyagaraju Adinarayan, da Reuters
16 de dezembro de 2020 às 11:51
Foto: André François McKenzie/Unsplash


 

O bitcoin superou a marca de US$ 20 mil nesta quarta-feira (16), atingindo o maior valor de sua história. A criptomoeda saltava 6,3% a US$ 20,67 mil, acumulando uma valorização neste ano de mais de 170%.

A alta é impulsionada pela demanda de grandes investidores atraídos por seu potencial de ganhos rápidos, resistência à inflação e expectativas de que se tornará um método de pagamento convencional.

Leia também:
Plataforma de criptomoedas Bitso capta US$ 62 milhões e entra no Brasil
Efeito bitcoin: S&P lançará índices de criptomoeda em 2021

O rali da criptomoeda, que alguns investidores viram como um potencial porto seguro, coincidiu com a queda do ouro à vista nos últimos meses.

Alguns investidores, como fundos de hedge e family offices, foram dissuadidos no passado pela natureza opaca do mercado de criptoativos. A supervisão mais rígida do setor de criptomoedas nos EUA ajudou a aliviar algumas dessas preocupações.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook