ExxonMobil anuncia novo presidente para operações no Brasil

Juan Lessman assumirá o cargo de presidente da companhia no Brasil, em substituição à executiva Carla Lacerda, que se aposenta depois de 35 anos na empresa

Luciano Costa, da Reuters
16 de dezembro de 2020 às 11:29
Foto: REUTERS/Jim Young/File Photo


A petroleira norte-americana ExxonMobil anunciou nesta quarta-feira que Juan Lessman assumirá o cargo de presidente da companhia no Brasil, em substituição à executiva Carla Lacerda, que se aposenta depois de 35 anos na empresa.

A mudança no comando vem em momento em que a Exxon tem ampliado sua presença no Brasil, depois de ter arrematado concessões para exploração de óleo e gás em licitações promovidas pelo país nos últimos anos.

Leia também:
Vale prevê compromissos de R$ 24,7 bi até 2057 para manter ferrovias
Equatorial aprova financiamentos de R$ 2,1 bi com BNDES para distribuidoras

O novo CEO no país é funcionário da ExxonMobil há mais de 22 anos e já ocupou posições de liderança nos EUA, segundo a empresa. Mais recentemente, ele havia sido designado como executivo de projeto para o campo de Bacalhau, operado pela Equinor, no qual a empresa tem participação.

Em nota, Lessman destacou o potencial dos "valiosos ativos" da companhia no Brasil, que incluem não só negócios em exploração e produção de petróleo e gás, mas também produtos químicos.

Atualmente, a companhia tem aproximadamente 1.600 funcionários no país, incluindo operações da área de químicos, em São Paulo; exploração e produção, no Rio de Janeiro; e em um centro global de negócios no Paraná.  

Nas operações de óleo e gás, a companhia tem participação em 28 blocos offshore, sendo 17 como operadora. A Exxon disse que investiu 4 bilhões de dólares na aquisição dos ativos que compõem o portfólio local.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook