Aviões presidenciais: conheça os modelos usados pelos principais governos

Vinícius Casagrande, colaboração para o CNN Brasil Business
03 de janeiro de 2021 às 05:00

Os aviões mais exclusivos do mundo estão à disposição dos maiores líderes mundiais. Presidentes, primeiros-ministros e reis das mais importantes nações do mundo contam com uma frota para suas viagens nacionais e internacionais. 

Mais do que um avião executivo, as aeronaves presidenciais contam com inúmeros recursos adicionais, muitos deles secretos. São requisitos de segurança e comunicação para permitir que mesmo a mais de dez quilômetros de altitude, os líderes mundiais tenham à disposição todos os recursos necessários para continuarem no comando da nação.

Entre os líderes do G20, todos os modelos utilizados são versões adaptadas de aeronaves comerciais. Em geral, são aviões de grande porte. O modelo mais utilizado é o Boeing 747. O G20 é formado por 19 países mais a União Europeia. Entre eles, sete países utilizam o jumbo para o transporte do chefe de governo e sua comitiva.

O mais famoso deles é conhecido como Air Force One. Trata-se do Boeing 747 que serve à Presidência dos Estados Unidos. Apesar de ser conhecido como Air Force One, o nome oficial do modelo do avião é VC-25. É que o nome Air Force One é destinado a qualquer avião no qual o presidente norte-americano esteja a bordo. Os Estados Unidos contam com dois Boeing 747-200 transformados na versão VC-25. Nos próximos anos, os dois aviões deverão ser substituídos por dois novos do modelo 747-8.

Air Force One
Foto: Mt.Rushmore Wikimedia

Entre as principais nações do mundo, a Alemanha ostenta a aeronave mais nova e moderna. Depois de enfrentar problemas com o antigo Airbus A340 que quase impediu a chanceler Angela Merkel de participar de uma reunião do G20 na Argentina em 2018, a Alemanha encomendou um novo Airbus A350. O avião foi entregue ao governo alemão em agosto deste ano. Além do interior VIP, o avião conta com diversos requisitos de segurança que são mantidos sob sigilo.
Avião oficial da Alemanha
Foto: Divulgação/Lufthansa

O avião presidencial brasileiro é um Airbus A319ACJ. O avião foi comprado em 2005 pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para substituir o antigo Boeing 707. O avião tinha o pejorativo apelido de sucatão. O novo avião presidencial brasileiro recebeu o nome de batismo de Santos Dumont. 

Além de Lula, o A319ACJ já serviu aos ex-presidentes Dilma Rousseff e Michel Temer e é utilizado atualmente pelo presidente Jair Bolsonaro. O projeto interno do avião inclui um quarto com cama de casal, estofados em couro nas poltronas, gabinete de despachos e banheiro com chuveiro. 

Avião do governo brasileiro
Foto: Divulgação

Entre os países do G20, o único país que não usa aviões da Boeing ou da Airbus para o transporte de chefes de governo é a Rússia. O presidente russo Vladimir Putin viaja a bordo de um Ilyushin IL-96, um avião de fabricação russa com quatro motores e voltado a viagens de longo alcance.

Veja modelos de avião usados pelos líderes do G20

  • Airbus A310: Canadá
  • Airbus A319ACJ: Brasil e Itália
  • Airbus A330: França e Reino Unido
  • Airbus A350: Alemanha
  • Boeing 737: África do Sul, Austrália e Indonésia
  • Boeing 747: Arábia Saudita, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, Índia, Japão e Turquia
  • Boeing 757: Argentina
  • Boeing 787: México
  • Ilyushin IL-96: Rússia